Instalando o LibreOffice 5 no DuZeru

Atualizado em julho 11, 2017 em TUTORIAIS
0 em julho 11, 2017

O DuZeru acompanha o WPS Office por padrão. Porém, ele não é Software Livre (e pude encontrar relatos que ele possuí incompatibilidade com documentos do LibreOffice), assim como uso o LibreOffice Draw para desenhar diagramas, portanto, decidi removê-lo do computador e substituí-lo pelo LibreOffice.

Para remover o WPS Office do sistema, utilizei os comandos abaixo (remove o pacote e o ícone do Menu Whisker):

$ sudo dpkg -r wps-office
$ rm -rf /usr/share/xfce4/applications/wps*.desktop

Infelizmente, o repositório do DuZeru disponibiliza apenas a versão 4.3.3 do LibreOffice, uma versão um tanto antiga. Para instalarmos a versão 5, podemos adicionar o repositório Backports do Debian 8 Jessie ao sistema adicionando ao final do arquivo /etc/apt/sources.list as linhas (https://backports.debian.org/Instructions/):

deb http://ftp.debian.org/debian jessie-backports main
deb-src http://ftp.debian.org/debian jessie-backports main

Agora, podemos atualizar a lista de pacotes de repositórios do sistema e instalar o LibreOffice do repositório Backports com os comandos (https://wiki.debian.org/LibreOffice):

$ sudo apt-get update

$ sudo apt-get install -t jessie-backports libreoffice libreoffice-l10n-pt-br libreoffice-gtk2 libreoffice-gtk3 libreoffice-style-galaxy libreoffice-style-breeze

Note que adicionei ao final do comando a instalação dos pacotes de estilo e de GTK, necessários para que o LibreOffice integre-se ao tema do sistema e não fique com a aparência do Windows 9x após a instalação, assim como a tradução para PT-BR (libreoffice-l10n-pt-br), segundo o tutorial de instalação do LibreOffice escrito por Dédimo Santos no Viva o Linux (https://www.vivaolinux.com.br/dica/LibreOffice-Instalacao-da-traducao-para-o-portugues-via-terminal).

Ao abrir o LibreOffice, você deverá notar que a versão 5.2 não possuí ícones brancos, e como o DuZeru possuí o tema preto (que eu utilizava), isso pode dificultar a visualização dos ícones. Apesar de não ser um incômodo para mim e eu ter mantido os ícones pretos, é possível alterá-los para a cor branca ao usar o tema escuro no sistema operacional baixando o pacote de ícones Breeze na cor branca (que foram integrados no LibreOffice nativamente à partir da versão 5.3), no site do Arch Linux (https://aur.archlinux.org/packages/libreoffice-breeze-icons/) – O link para download está disponível em “Sources”.

Após baixar o arquivo, precisamos mover o arquivo de ícones Breeze atual e adicionar, através do comando “dpkg-divert”, uma divergência durante a instalação de pacotes para que, quando uma atualização do LibreOffice estiver disponível no repositório do Backports, ele não substitua o arquivo de ícones customizados na cor branca do Breeze que substituiremos logo a seguir (https://debian-administration.org/article/118/Replacing_binaries_with_dpkg-divert):

$ sudo mv /usr/share/libreoffice/share/config/images_breeze.zip /usr/share/libreoffice/share/config/images_breeze.zip.real
$ sudo dpkg-divert –add –rename –divert /usr/share/libreoffice/share/config/images_breeze.zip.real /usr/share/libreoffice/share/config/images_breeze.zip

Agora, extraia o arquivo recém baixado e copie o arquivo “images_breeze_dark.zip” para /usr/share/libreoffice/share/config/images_breeze.zip no lugar do arquivo de ícones Breeze antigos (http://bad wordyeah-elementaryos.tumblr.com/post/81555967577/libreoffice-on-elementary-installing-custom-icons)
$ cd ~/Downloads
$ tar -zxvf libreoffice-breeze-icons-2016.03.02.tar.gz
$ sudo cp /home/professor/Downloads/libreoffice-breeze-icons-2016.03.02/images_breeze_dark.zip /usr/share/libreoffice/share/config/images_breeze.zip

Apesar da Wiki oficial do Debian afirmar que pacotes do repositório Backports não são instalados automaticamente e são atualizados apenas quando instalados (https://wiki.debian.org/Wine), tive problemas com pacotes que foram instalados indevidamente do Backports, como atualizações para o CUPS, entre outros pacotes. Para evitar que pacotes do repositório Backports sejam instalados automaticamente, você pode diminuir a prioridade do repositório Backports criando o arquivo /etc/apt/preferences.d/99-back-to-stable-updates com o nano e adicionando o seguinte conteúdo ao mesmo (https://askubuntu.com/questions/59443/how-can-i-revert-back-from-an-upgrade-to-the-proposed-repository):

$ sudo nano /etc/apt/preferences.d/99-back-to-stable-updates

Package: *
Pin: release a=jessie-backports
Pin-Priority: 100

Caso no futuro você deseje desinstalar o LibreOffice, use o comando abaixo (https://askubuntu.com/questions/180403/how-to-uninstall-libreoffice):

$ sudo apt-get remove libreoffice\*

  • Aprovado por
Resposta
Carregando mais tópicos